Compartilhe isso:

" /> São Jorge D'Oeste
São Jorge D'Oeste, sexta, 14 de dezembro de 2018 13h : 21m - Paraná - BR

Notícias

Autor: Sidnei

Desde a última quinta-feira, 26, o bispo da Diocese de Palmas e Francisco Beltrão, dom Edgar Xavier Ertl, está fazendo visita pastoral na Paróquia São Jorge, em São Jorge D’Oeste. Ele foi recepcionado pelo prefeito Gilmar Paixão (PDT), que fez questão de apresentar toda a estrutura administrativa da Prefeitura, passando por todas as secretarias e departamentos.
A visita pastoral é uma forma do líder eclesiástico conhecer a realidade da Diocese e também se aproximar da comunidade. “Estarei aqui até o próximo domingo, a exemplo do nosso papa Francisco que, todos os meses, faz alguma visita apostólica, em nome de Jesus, o bom pastor. Todos nós, começando pelo papa, até o último bispo ordenado, somos convidados, segundo o evangelho, de assim como Jesus fez, de ir ao encontro de suas ovelhas, do seu povo, das suas pessoas. Nós, bispos, no dia da ordenação, recebemos essa missão apostólica de ir às paróquias, também além do trabalho religioso, da dimensão de fé, da parte pastoral, para visitarmos instituições”, disse o bispo.
Ele destacou a boa recepção no município. “Tive a graça de visitar os departamentos e secretarias e destaco a presença do prefeito Gilmar Paixão, sua esposa dona Maria, dos vereadores, secretários e pessoas que fazem parte da administração municipal. A palavra que destaco foi a acolhida, a receptividade muito calorosa, porque nós todos somos irmãos e irmãs, ninguém é mais, ninguém é menos. Não é nosso cargo que nos torna importantes e o interessante é que possamos nos relacionar de forma amorosa, transparente e honesta. Quero agradecer a oportunidade de conhecer um pouco mais de São Jorge D’Oeste”, completou.
O bispo ainda deixou seu recado para a comunidade. “O mais importante é a nossa vivência do amor entre nós, o bem querer, a honestidade, a justiça e a fraternidade. Isso que conta. O interesse um pelos outros, eu tenho interesse pelas pessoas, o mais importante na minha vida são as pessoas, independentemente do seu credo, do seu time de futebol, do seu partido político ou outras ideologias.
O importante é o bem que podemos fazer uns aos outros. O que Jesus quis promover? As pessoas. Dar-lhes dignidade. Se fizermos isso, já estamos fazendo muito. Vamos fazer de tudo para salvarmos e valorizarmos as famílias, que é a primeira e grande instituição. Vamos protegê-las e defendê-las porque fazendo isso estamos cuidando da sociedade em geral”, conclui.